DOR ESTRANHA

Tornou-se uma dor estranha

Dessas que nem se sabe já se doem

De tão vazias

De tão secas

De tão frias…

Há dores que moem

Corroem ou espantam…

E há as que gritam

Volitam

Desencantam…

Mas esta dor estranha

É só daquelas que ficam

… Tamanha…

                                                          By: Mia

3 comentários a “DOR ESTRANHA”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s