De ti…

De ti,

Sei tanto quanto basta

Para te guardar no coração…

Perfeito? Não é ninguém…!

Não é mais humano quem arrasta

A vida como um fado adquirido

Mas quem

Deixa que a alma grite uma paixão

E saiba ser raiva e ternura

Ou revolta, ou paz e dor

No fundo de um olhar sentido

E tu és assim…

Não há uma flor igual a outra flor

E os frutos não amadurecem ao mesmo tempo…

Ainda que nossos corpos dormissem abraçados

No mesmo leito

Que louco seria o meu intento

De sonhar os teus sonhos, amor?

E não rejeito

A doce loucura em que te invento…

É esse o mais puro estado da minha humanidade!

O meu coração sente-te

O meu pensamento pensa-te

Dos teus olhos me vem uma infinda saudade…

E até o teu silêncio… eu sei!

Em qualquer outra era, em qualquer outro espaço

Tenho a certeza que já te encontrei…!

 

By: Mia

1 comentário a “De ti…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s