ENCOSTO-ME…

 

Encosto-me ao silêncio

Numa esquina voltada ao vento

E choro…

Rasgo em louco lamento

O ventre da cidade adormecida

E imploro

O eco de um traço de vida

Que me envolva num abraço!

 

Vazio

Sombras abrigadas no escuro

Frio

Imensidão

E um sentimento mais puro:

Sou eu, afinal, sou eu

A própria solidâo…!

 

                By: Mia

3 comentários a “ENCOSTO-ME…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s