CAMINHO SÓ…

 
Caminho só, porque partiste.
Minhas mãos vão dadas ao vazio
E o meu rumo é um ténue fio
Neste meu olhar de névoa triste.
 
Caminho leve como barco que flutua
Num vendaval de mar em riste
E, em desespero, não resiste
Aos gritos de sufoco em alma nua.
 
Caminho entregue à voz do teu amor
Espreitando-o em cada esquina de rua
Para além do mar, além da lua
E encontro um raio rubro de calor.
 
By: Mia

2 comentários a “CAMINHO SÓ…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s