Olhar de urgência

É um olhar urgente, morto de medo e arrepiado de fascínio,

este, de te ver abrir vidraças da alma e

espalhar memórias dos clássicos que leste e me fizeste ler

através de ti. E de tantos outros imaginados, na ânsia de perceberes

de onde surge a maioria das histórias ou estórias, como se tu mesmo

não fosses uma fonte inesgotável de emoções…

O teu armário é recheado de segredos. E tu sabes, avô!

A forma como te curvas nas vidraças, não esconde o deslumbramento.

Dilatadas pupilas no olhar urgente, igual ao meu.

Mãos traquinas, irreverentemente inquietas

e um sorriso largo de menino que me encanta…

Queria inventar, para ti, palavras de crescente gratidão

e ternura infinita,

mas sei que me entendes a limitação!

Afinal, a minha inquietude vive entrelaçada na tua.

Determinante.

 

By: Mia

livros